– mas a vida sempre tem que continuar, sic

Há exatos 3 anos, vou vivendo com essa dor enorme dentro de mim, que insiste em não querer cicatrizar.. Mas, no fundo, eu acho que não quero que ela cicatrize, pelo simples fato de que essa dor só iria cessar se eu o esquecesse por completo. E, não, eu não quero e não vou equecer. No começo, todos me pediam calma, me garantiam que com o passar o tempo, eu iria aceitar que não o veria mais, não sentiria mais a alegria que ele transmitia, a graça que só criançar realmente felizes como ele, possuem. Sinto falta de cada sorriso, de cada briguinha, de cada brincadeira, enfim! De cada pequeno momento que eu tive o prazer de compartilhar com ele.. Pra ser sincera, eu posso afirmar com toda a convicção do mundo que eu nunca vou me acostumar, nunca vai parecer normal essa ausência. Tudo o que eu tenho capacidade de fazer é evitar focar meu pensamento nessa pequena estrela que o destino fez se apagar. Se toda vez que eu toco nesse assunto as lágrimas surgem inconcientemente em meus olhos, eu jamais poderei afirmar que minha vida voltou (ou um dia vai voltar) ao que era antes. Em cada lugar, em cada rosto, em cada olhar eu sinto a presença dele, como se ele realmente estivesse aqui, do meu lado. A única justificativa que eu vejo é que Deus leva os bons pra junto dele… Meu anjinho, você sempre vai estar vivo, no pensamento e no coração de todos aqueles que, assim como eu, amaram e sempre vão te amar…

Dedicado à Luciano Júnior.

Sei que faço isso pra esquecer, eu deixo a onda me acertar, e o vento vai levando tudo embora…

Anúncios

0 Responses to “– mas a vida sempre tem que continuar, sic”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Pseudo-escritora

@beeislost, 16 anos, touro com ascendente em libra, teimosia, ansiedade, ironia, caretisse, sarcásmo, imperatividade, hiperatividade, contradição, indiferença, fashionismo, inconstância, antipatia e uma certa aversão ao cotidiano; um pierrot retrocesso, meio bossa nova e rock'n'roll.

#30 days

Dia 01: Música favorita;
Dia 02: Livro favorito;
Dia 03: Programa de TV favorito;
Dia 04: Filme favorito;
Dia 05: “Quote” (citação) favorita;
Dia 06: Qualquer coisa à sua escolha;
Dia 07: Uma foto que te faça feliz;
Dia 08: Uma foto que te deixe triste, ou irritado;
Dia 09: Uma foto que você tenha tirado;
Dia 10: Uma foto tirada há anos atrás;
Dia 11: Uma foto tirada recentemente;
Dia 12: Qualquer coisa à sua escolha;
Dia 13: Um livro de ficção;
Dia 14: Um livro de não-ficção;
Dia 15: Uma fanfic;
Dia 16: Uma música que te faça chorar;
Dia 17: Uma obra de arte (pintura, desenho, escultura);
Dia 18: Qualquer coisa à sua escolha;
Dia 19: Um talento seu;
Dia 20: Uma hobby seu;
Dia 21: Uma receita;
Dia 22: Um site;
Dia 23: Um vídeo do Youtube;
Dia 24: Qualquer coisa à sua escolha;
Dia 25: Seu dia, em detalhes;
Dia 26: Sua semana, em detalhes;
Dia 27: Este mês, em detalhes;
Dia 28: Este ano, em detalhes;
Dia 29: Esperanças, sonhos e planos para os próximos 365 dias;
Dia 30: Qualquer coisa à sua escolha;

Tuinti, GEMT!

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.